Você já passou por processos seletivos em que precisava enviar um vídeo de apresentação?

Essa etapa, cada vez mais comum nas vagas de emprego, é bem importante para que, junto do seu currículo e da entrevista, os recrutadores avaliem suas competências e características, analisando se elas estão de acordo com o esperado.

Mas calma! o vídeo de apresentação não precisa ser um pesadelo!

Veja como fazer um bom conteúdo e acertar em cheio nessa etapa:

  1. O que é um vídeo de apresentação pessoal
  2. Por que as empresas estão pedindo vídeo de apresentação em seus processos seletivos?
  3. O que falar no vídeo de apresentação
  4. 8 passos para fazer seu vídeo de apresentação e se destacar no processo seletivo
  5. Exemplos de vídeos de apresentação
  6. Mão na massa

O que é um vídeo de apresentação pessoal

Presente em vários processos seletivos atualmente, o vídeo de apresentação visa a explicitar o perfil do candidato, mostrando as experiências e skills desenvolvidas.

Apesar de variar de um processo seletivo para o outro ou de uma vaga para outra, o conteúdo gira em torno dessa descrição objetiva em torno de sua formação e qualificação profissional.

É nessa hora que é possível enxergar o candidato além do currículo em PDF ou de papel. No vídeo, é possível conferir o perfil do profissional, seu modo de falar, de se expressar e expor ideias. Além disso, a dicção e a linguagem corporal também podem ser levadas em consideração pelo RH.

Geralmente não são pedidos vídeos longos ou com mais de dois minutos. É essencial que o candidato use uma linguagem clara, objetiva e autêntica. Ele deve fazer uma apresentação que descreva sua trajetória profissional, seus pontos fortes e seus objetivos de carreira.

Por que as empresas estão pedindo vídeo de apresentação em seus processos seletivos?

Além do clássico currículo online, muitas vezes acompanhado de um portfólio de trabalhos já realizados, agora os vídeos de apresentação estão em alta como parte do processo.

Isso se dá pela relação mais próxima e humana dos RHs com os candidatos, já que é possível expor competências de uma forma mais dinâmica e agir de maneira mais natural, o que é difícil de se analisar nos currículos online ou impressos.

Outra razão que popularizou os vídeos de apresentação foi a economia de custos, junto da modernidade, pois o candidato não precisa se deslocar até a empresa ou não é preciso desembolsar com essa etapa.

O que falar no vídeo de apresentação

O vídeo de apresentação faz jus ao nome. A estrutura básica desse modelo pede que primeiro o candidato se apresente com informações pessoais, como nome, idade e local em que mora.

Depois, fale um pouco de suas experiências profissionais e formação acadêmica. Na parte das experiências, é preferível selecionar as mais relevantes na carreira e que deem maior peso no currículo. Não há uma quantidade mínima ou máxima, mas é necessário ficar de olho no tempo para não estourar o limite pedido pela empresa.

É possível contar também os motivos que o levaram a se inscrever na vaga e o porquê você seria a melhor contratação para aquele emprego.

8 passos para fazer seu vídeo de apresentação e se destacar no processo seletivo

1. Fique atento ao tempo de gravação

Conforme falamos há pouco, é preciso selecionar bem quais informações você quer apresentar, pois isso interfere diretamente no tempo imposto pela empresa como limite do vídeo.

Há locais que desclassificam imediatamente concorrentes que não sigam à risca o que foi pedido, inclusive o tempo de gravação. Para ficar dentro do que foi solicitado, ensaie anteriormente suas falas, faça testes e cronometre-os.

Além disso, seja claro e específico, evite informações desnecessárias, como cursos rápidos feitos há anos e que não estão no pódio de suas relevâncias e skills.

2. Faça um roteiro e grave quantas vezes for preciso

O roteiro é um item essencial para você se organizar antes, durante e depois da apresentação. Além disso, ele fará com que você sinta mais confiança para transmitir suas ideias.

Faça esse roteiro de forma que não pareça que você simplesmente está lendo o seu currículo. Transforme esse texto numa conversa profissional, sempre com leveza, simpatia e segurança.

Se for preciso, leia, releia, grave e regrave várias vezes até você sentir que o vídeo está dentro do que precisa ser enviado.

3. Fique atento ao seu vocabulário

Lembre-se que é o seu perfil profissional que está sendo colocado no vídeo.

Apesar de não precisar ser um vídeo “engessado”, é essencial que a linguagem usada não contenha erros de português e gírias. Mantenha a naturalidade, sem perder o profissionalismo e a formalidade.

Outra coisa a ser evitada é usar aquele espaço para criticar um trabalho anterior. Use o tempo para contar seus esforços para obter crescimento pessoal e profissional.

4. Atente-se à apresentação pessoal formal

Além de cuidar com o vocabulário e com os conteúdos ditos no vídeo, atente-se com sua apresentação pessoal formal, com a sua aparência.

Mesmo não sendo uma entrevista presencial, use roupas discretas, mantenha cabelos e barba limpos e arrumados. Isso chama a atenção do recrutador e transmite a ele uma ideia de disciplina e profissionalismo.

5. Demonstre interesse pelos valores da corporação

É bem interessante buscar saber quais são os valores caros àquela empresa que você deseja fazer parte e mostrar que conhece-os. Você pode procurar essas informações no site ou nas redes sociais da corporação.

Caso os valores estejam alinhados com os seus, exponha isso no vídeo.

6. Fale sobre as suas competências comportamentais

As competências comportamentais são de extrema importância para os recrutadores e as empresas. Entre elas podemos citar:

  • Comunicação;
  • Capacidade de trabalhar em equipe;
  • Resiliência;
  • Foco;
  • Liderança;
  • Empatia;
  • Capacidade de lidar com conflitos;
  • Capacidade de adaptação.

Essas competências diferem-se das competências técnicas porque as comportamentais não podem ser ensinadas em sala de aula e andam de mãos dadas com a personalidade do candidato.

7. Escolha um bom ambiente para gravar o seu vídeo

O cenário do seu vídeo de apresentação faz toda a diferença.

É preciso escolher um local claro e arejado, sem muitas informações ao fundo, para que o foco seja totalmente em você.

Evite gravar em ambientes barulhentos, pois isso pode prejudicar a qualidade técnica da gravação. Áudio e imagem de qualidade aprimoram o trabalho.

8. Espontaneidade é essencial

Ser espontâneo te destaca diante da concorrência, pois assim você demonstra conhecimento e autoridade diante na sua área de atuação.

Uma postura segura e firme mostra preparo emocional, uma soft skill muito importante e procurada pelas empresas.

New call-to-action

Exemplos de vídeos de apresentação

A partir do passo a passo acima, você pode montar uma espécie de “esqueleto” para o seu vídeo, com início, meio e fim, abordando os aspectos pessoais e profissionais relevantes para a sua apresentação.

Além disso, lembre-se de não fazer piadas e não desvie do tema principal, mantendo as ideias bem organizadas.

Veja uma forma de montar o esqueleto da sua apresentação:

"Olá! Me chamo Alexandre, tenho 26 anos, sou advogado pela PUC Goiás e Universidade de Michigan, nos Estados Unidos. No meu período no exterior, tive a oportunidade de fazer um estágio no maior escritório de advocacia do país. No Brasil, estagiei na OAB Goiás, lidando com processos diversos, o que diversificou muito positivamente a minha experiência na área. Atualmente trabalho no Santos e Silva Associados, na área familiar, e estou finalizando a pós-graduação em Direito Público.

Para te dar mais uma mão na construção do seu vídeo de apresentação, nada melhor do que mostrar exemplos de vídeos de apresentação para inspirar, não é mesmo?

Confira abaixo um vídeo com a seleção de 5 modelos que podem te auxiliar:

Mão na massa

Agora que você já sabe como estruturar seu vídeo de apresentação, hora de gravar e dar mais um passo para garantir o emprego dos sonhos!

A partir da união das características primordiais, que envolvem a comunicação objetiva e um ambiente alinhado, a produção de um vídeo bem feito será realizada.

É com esse conteúdo que você vai conquistar a confiança dos recrutadores e da empresa, mostrando suas capacidades e competências para a tão sonhada vaga.

Outra dica que propomos é a contratação de um job hunter, profissional que pode te ajudar a encontrar uma ótima recolocação no mercado de trabalho.

Desejamos boa sorte na sua trajetória profissional!


Este conteúdo sobre como fazer um vídeo de apresentação foi útil? Invista na sua carreira com mais artigos incríveis do Blog do EAD PUC Goiás!

Inscreva-se no nosso Blog

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT