Tag: Ensino Superior

Se você já pesquisou sobre pós-graduação, com certeza você já ouviu as denominações Stricto Sensu e Lato Sensu.

Mas você sabe qual a diferença de cada uma?

Então, acompanhe a leitura, pois explicar tudo sobre pós-graduação e mostrar o que difere Stricto Sensu de Lato Sensu.

Neste artigo, você vai conferir:

Stricto Sensu: significado
Lato Sensu: significado
Stricto Sensu x Lato Sensu
O que é uma pós-graduação?
O ensino superior no Brasil
Qual tipo de pós-graduação escolher?
É possível fazer uma pós-graduação EAD?
Quais são as vantagens de fazer uma pós-graduação?

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

Stricto Sensu: significado

A denominação “Stricto Sensu” vem do latim e significa em sentido restrito.

A pós-graduação Stricto Sensu compreende o mestrado e o doutorado.

O mestrado e o doutorado são voltados para quem deseja atuar, principalmente, na área acadêmica, como professores e pesquisadores.

Contudo, isso não impede que o conhecimento, também, seja aplicado no mercado de trabalho. É o caso do mestrado profissional, que tem como objetivo pesquisar novas técnicas, processos e temáticas que atendem uma demanda específica da área de atuação.

Ao final do curso o aluno obterá o diploma, que confere o grau de mestre ou doutor.

Saiba mais detalhadamente sobre cada um deles:

Mestrado

O mestrado é focado em novas contribuições para a área acadêmica. Sua duração é, em média, de dois anos.

Para concluir o mestrado, o estudante precisa defender a sua dissertação.

A dissertação é um trabalho acadêmico, que não precisa ter tema inédito, mas deve oferecer uma nova contribuição e um novo ponto de vista sobre determinado assunto.

Há, ainda, o mestrado profissional. Contudo, o foco da pesquisa é diferente, já que ela é focada em desenvolver uma solução, propor ideias e levar melhorias para uma área profissional. Em resumo, é uma pesquisa aplicada.

Doutorado

O doutorado, assim como o mestrado, tem como foco a contribuição na área acadêmica. Sua duração é, em média, de quatro anos.

Para concluir o mestrado, o estudante precisa defender a sua tese.

Diferentemente da dissertação, a tese precisa apresentar um problema inédito. A tese deve propor uma ideia, um método ou uma descoberta, a partir de uma pesquisa científica aprofundada.

Lato Sensu: significado

A denominação “Lato Sensu” também vem do latim e significa em sentido amplo.

A pós-graduação Lato Sensu compreende as especializações e o MBA.

Por determinação do Ministério da Educação (MEC), a pós-graduação Lato Sensu precisa ter duração mínima de 360 horas.

Ao final do curso o aluno obterá certificado e não diploma.

Ainda, não é obrigatório defender um trabalho final, como é o caso da tese e da dissertação.

Uma resolução recente do MEC, publicada em 2018, definiu que a pós-graduação lato sensu não precisava exigir dos alunos a entrega e a apresentação de um trabalho de conclusão de curso (TCC). A aprovação final fica a critério de cada Instituição de Ensino.

Especialização

A especialização, como o próprio nome sugere, aprofunda os conhecimentos sobre um tema específico, com programas nas mais diversas áreas de conhecimento.

MBA (Master in Business Administration)

Já o MBA significa Master in Business Administration (Mestre em Negócios e Administração). Assim, está focado na área de empreendedorismo.

O MBA é indicado para quem almeja ocupar um cargo de gestão e já tenha alguns anos de experiência no mercado de trabalho.

Stricto Sensu x Lato Sensu

Para ficar mais fácil, realizamos uma tabela comparativa entre os dois tipos de pós-graduação: Stricto Sensu e Lato Sensu

  Stricto Sensu Lato Sensu
Tipo Mestrado e Doutorado Especializações e MBA
Duração Mestrado: 2 anos (média)
Doutorado: 4 anos (média)
Mínimo 360 horas de aula
Título Diploma grau de Mestre
Diploma grau de Doutor
Certificado de especialista
Trabalho de Conclusão de Curso Dissertação (Mestrado)
Tese (Doutorado)
Não há uma determinação. Cada Instituição de Ensino define a melhor forma.

O que é uma pós-graduação?

Stricto Sensu e Lato Sensu são dois tipos de pós-graduação. É possível entrar nesses programas somente com um diploma de ensino superior.

Ou seja, para fazer mestrado, doutorado, especialização ou MBA é preciso concluir, primeiramente, a graduação.

O ensino superior no Brasil

O ensino superior no Brasil é dividido em dois níveis: a graduação e a pós-graduação.

A graduação pode ser de três tipos:

BACHARELADO: tem a duração entre 4 a 6 anos, dependendo do curso. O bacharelado traz uma formação mais generalista, ou seja, prepara o aluno para atuar de forma mais ampla no mercado.

LICENCIATURA: tem duração média de 4 a 5 anos. A licenciatura é voltada para quem deseja ministrar aulas no ensino básico, em níveis fundamental e médio.

TECNÓLOGO: tem duração de 2 a 3 anos. Diferentemente do bacharelado, oferece uma formação técnica e especializada, voltada para o mercado de trabalho.

Qualquer um dos três tipos de graduação habilita o profissional para fazer uma pós-graduação, seja ela Stricto Sensu ou Lato Sensu.

Uma dúvida muito comum é se, com o diploma de Tecnólogo, é possível fazer uma pós-graduação. A resposta é sim! Pois o tecnólogo, assim como o bacharelado e a licenciatura, confere diploma de grau superior.

No entanto, é importante não confundir Tecnólogo com Curso Técnico. Esse, por sua vez, não confere grau superior.

Qual tipo de pós-graduação escolher?

A escolha da pós-graduação ideal para você deve estar estritamente focada nos seus objetivos profissionais. 

A pós-graduação Stricto Sensu é direcionada para quem deseja seguir carreira acadêmica, como professor (de graduação ou pós-graduação) ou pesquisador.

Já a pós-graduação Lato Sensu é voltada para o profissional que busca se aperfeiçoar no mercado de trabalho.

É possível fazer uma pós-graduação EAD?

Para a pós-graduação Lato Sensu, sim. Já Stricto Sensu, a história é diferente.

Existem vários programas de pós-graduação Lato Sensu EAD, que compreendem especializações e MBA.

Porém, é preciso ficar atento às exigências do Ministério da Educação (MEC) a respeito da duração. Para ser regulamentado, o curso precisa ter 360 horas de aula.

Recentemente, em 2019, o MEC aprovou que a pós-graduação stricto sensu, ou seja, de doutorado e mestrado, fosse oferecida a distância.

Entretanto, até o momento, levando em consideração que é uma medida recente, existem somente propostas.

Quais são as vantagens de fazer uma pós-graduação?

Independente da sua escolha (Stricto sensu e Lato Sensu), fazer uma pós-graduação traz diversos benefícios para a sua vida profissional. Confira as cinco principais vantagens:
  1. Melhorar as perspectivas de salário: pesquisas mostram que um certificado de pós-graduação no currículo pode aumentar o salário em até 118%. Assim, se o seu objetivo é o aumento salarial, fazer um pós pode ser uma excelente opção.
  2. Empregabilidade: O mercado de trabalho procura, cada vez mais, profissionais capacitados e especialistas em suas áreas. Assim, uma pós-graduação aumenta as chances de empregabilidade e coloca o seu currículo em destaque.
  3. Networking: Ao fazer uma pós-graduação você expande a sua rede de contatos profissionais, pois entra em contato com professores e colegas.
  4. Cargos de gestão: Um levantamento do site VAGAS mostrou que mais de 70% das oportunidades para quem tem pós-graduação ou superior são destinadas para nível pleno, sênior ou supervisão/coordenação.
  5. Possibilidade de promoção: com uma pós-graduação você demonstra que é um profissional atualizado e interessado em progredir na sua carreira, essa atitude pode abrir portas para a sua promoção.

📖 Você gostou deste conteúdo? Então, aproveite para acessar outras sugestões de artigo sobre carreira e mercado de trabalho do blog EAD PUC Goiás:

New call-to-action

Inscreva-se no nosso Blog

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT