O profissional de Educação Física é responsável por promover saúde através da prática de exercícios físicos, tendo um papel importante na manutenção do bem-estar da população. 

Afinal, não é nenhuma novidade que o exercício físico é essencial para manter a saúde do corpo e da mente em dia. 

Contudo, a prática de atividade física nunca foi tão urgente quanto na atualidade. 

Crianças, adolescentes, adultos e idosos estão cada vez mais sedentários, passando muito tempo sentados e parados no dia a dia, principalmente em frente às telas. 

Nesse contexto, os profissionais de Educação Física têm se tornado ainda mais necessários, tendo o importante papel de mobilizar e incentivar as pessoas a praticar exercícios. 

Em função disso, esses trabalhadores encontram oportunidade de atuação profissional nas mais diferentes áreas, desde academias e escolas até centros de recreação e lazer. 

Neste artigo, o EAD PUC Goiás vai apresentar as principais áreas de atuação do profissional de Educação Física, trazer mais detalhes sobre o mercado de trabalho e explicar como funcionam os estudos na área. 

Fique conosco e descubra se essa é a carreira certa para você!

Confira:
O que faz o profissional de Educação Física?
Qual a importância do profissional de Educação Física na atualidade?
Em quais áreas o profissional de Educação Física pode atuar?
Quanto ganha um profissional de Educação Física?
Como é a faculdade de Educação Física?
O que se estuda no curso de Educação Física?
Conclusão

profissional-de-educacao-fisica - instrutor ao lado de aluno dando orientações

O que faz o profissional de Educação Física?

O principal objetivo do profissional de Educação Física é proporcionar saúde e bem-estar às pessoas por meio da prática de atividades físicas.

Seu trabalho consiste em acompanhar e orientar as pessoas durante a prática de esportes ou exercícios físicos, buscando encontrar as melhores práticas para cada perfil. 

Os profissionais de Educação Física possuem conhecimentos para trabalhar com diversas faixas etárias, como crianças em idade escolar, atletas profissionais, pacientes que estão em reabilitação, portadores de deficiência física e idosos. 

Para exercer a profissão, é essencial ter diploma de ensino superior e é também obrigatório o registro no Conselho Regional de Educação Física (CREF).

Qual a importância do profissional de Educação Física na atualidade?

Praticar exercício físico tem se tornado um hábito cada vez menos comum entre a população brasileira.  

Crianças, jovens, adultos e idosos têm passado cada vez mais tempo sentados, principalmente em frente às telas, o que têm tornado a população mundial mais sedentária a cada dia. 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2019, 70% das pessoas no mundo eram sedentárias. 

Além do risco de obesidade, a falta de atividade física pode levar ao desenvolvimento de diversas doenças, como diabetes, ansiedade, problemas cardiovasculares e até mesmo câncer. 

De acordo com dados de 2019 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no Brasil, 40,3% dos adultos são classificados como insuficientemente ativos. Ou seja, não praticam nenhuma atividade física por menos do que 150 minutos por semana. 

A pandemia da Covid-19 aprofundou ainda mais esse problema. 

Com as medidas de isolamento social, as pessoas passaram a ficar cada vez mais tempo em casa, o que impactou diretamente na prática de exercício físico. 

Segundo dados da OMS, as crianças foram algumas das mais afetadas. 

De acordo com dados da organização, durante a pandemia, 78% das crianças e 84% dos adolescentes brasileiros não estão fazendo o mínimo de atividade física recomendada por dia.

Nesse contexto, em que as pessoas de todas as faixas etárias se movimentam de forma deficitária, os educadores físicos tornam-se ainda mais essenciais. 

O exercício físico traz benefícios que vão além da estética, contribuindo para a prevenção de doenças e para o bem-estar da mente. Ou seja, é uma questão de saúde pública. 

Dessa forma, os profissionais de Educação Física têm um papel crucial para manter a saúde e longevidade da população.

Em quais áreas o profissional de Educação Física pode atuar?

Os profissionais de Educação Física têm conhecimentos nas áreas médicas, pedagógicas, psicológicas e sociais. 

Dessa forma, eles têm diversos campos de atuação profissional, encontrando um mercado de trabalho muito aquecido e repleto de oportunidades. 

Abaixo, detalhamos as principais áreas de atuação do profissional de Educação Física, confira:

Ensino

Quem não se lembra das aulas de Educação Física na escola? Esse é um dos campos de atuação profissional mais comuns para aqueles que cursam licenciatura na área. 

Os profissionais de Educação Física podem dar aulas para os níveis básico, fundamental e médio. 

Seu objetivo é incentivar a prática de atividade física entre crianças e jovens, apresentando as principais modalidades esportivas, explicando regras, normas e questões práticas dos jogos.

Esportes

Os profissionais de Educação Física também encontram boas oportunidades no esporte.

Esses profissionais podem tanto atuar diretamente na prática esportiva, trabalhando como atletas de futebol, vôlei, basquete, entre outras modalidades, quanto exercer funções de técnico ou preparador físico. 

Quando decidem trabalhar como atletas, esses profissionais se especializam em determinado esporte e integram times ou clubes. O principal objetivo é competir e vencer campeonatos. 

Já como técnico ou preparador físico, eles são responsáveis por preparar e garantir o melhor desempenho dos atletas de determinado esporte. 

Saúde e Reabilitação

A área da saúde e reabilitação é mais um nicho de atuação dos educadores físicos. 

Pacientes que passaram por doenças, cirurgias ou têm problemas físicos frequentemente necessitam da ajuda de profissionais de Educação Física para retomar seus movimentos.

Nessa área, é comum que os profissionais de Educação Física atuem em parceria com os fisioterapeutas. 

mercado-de-trabalho-profissional-de-educacao-fisica - crianças sentadas em roda diante do professor de educação física

Academias

Você sabia que é possível se machucar ao fazer exercício de forma incorreta? Ou que também é possível praticar variados tipos de exercícios e nunca alcançar os objetivos desejados? 

Essas situações podem ser evitadas com um profissional de Educação Física.

Não é à toa que as academias estão investindo cada vez mais na contratação de educadores físicos para o quadro de funcionários. 

Esses profissionais são essenciais para orientar os alunos e planejar treinos específicos de acordo com seus objetivos. 

Ginástica Laboral

Profissionais que trabalham em escritório costumam se movimentar muito pouco durante o dia, o que pode levar a diversos problemas de saúde. 

Em função disso, muitas empresas estão contratando profissionais de Educação Física para trabalhar exercícios laborais com seus colaboradores. 

Ou seja, é mais um campo de atuação promissor para esses profissionais. 

Gestão

Os diplomados em Educação Física também podem atuar na gestão de espaços e projetos relacionados à prática de exercício físico e esportes. 

Esses profissionais encontram oportunidades em empresas privadas e públicas, elaborando e executando programas de combate ao sedentarismo e de incentivo à prática de atividades físicas.

Lazer e Recreação

Os educadores físicos também podem atuar nas áreas de recreação e lazer de hotéis, resorts e cruzeiros.

Quem atua nessa área é responsável tanto por executar as atividades de lazer quanto por planejá-las.

Pesquisa

Atualmente, os institutos de pesquisa realizam estudos que envolvem profissionais de diferentes áreas da saúde, como médicos, fisioterapeutas, nutricionistas e educadores físicos. 

Cada vez mais, a ciência está empenhada em encontrar soluções para melhorar a qualidade de vida da população, que se relaciona diretamente com sua saúde física. 

Em função disso, profissionais de Educação Física também encontram oportunidade na área da pesquisa. 

Para entrar nesse ramo, é comum seguir carreira acadêmica, dando continuidade aos estudos com cursos de pós-graduação. 

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

Quanto ganha um profissional de Educação Física?

O salário dos educadores físicos varia de acordo com a área de atuação e nível de experiência e especialização do profissional. 

De acordo com o site Vagas, no cargo de educador físico se inicia ganhando R$ 1.643 de salário e pode vir a ganhar até R$ 3.613.  A média salarial é de R$ 2.490.

O site Glassdoor aponta para valores semelhantes. De acordo com o portal, o salário médio de um profissional de Educação Física é de R$ 2.359 no Brasil. 

Como é a faculdade de Educação Física?

A graduação em Educação Física é oferecida em duas modalidades: bacharelado e licenciatura. 

O bacharelado habilita os diplomados para atuar nas áreas de desporto, lazer, saúde, recreação e gestão da Educação Física. Já a licenciatura, é voltada à formação de professores.

Ou seja, o bacharelado é a formação para uma atuação mais ampla de mercado, e a licenciatura é voltada para aqueles que desejam se tornar professores, dando aulas para os ensinos básico, fundamental e médio.

Durante os cursos, os estudantes passam por disciplinas de anatomia humana, biomecânica e fundamentos dos esportes, com aulas teóricas e práticas.

A diferença entre a licenciatura e o bacharelado está em algumas disciplinas da grade curricular. Na licenciatura, são trabalhados conteúdos de pedagogia e didática, enquanto no bacharelado não. 

Tanto o bacharelado quanto a licenciatura em Educação Física tem duração de quatro anos.

O que se estuda no curso de Educação Física?

areas-de-atuacao-profissional-de-educacao-fisica - homens praticando exercício físico e instrutora orientando

Na graduação em Educação Física, os estudantes aprendem tudo sobre atividades físicas, esportes e anatomia do corpo humano.

O objetivo do curso é preparar o aluno para trabalhar com vários públicos, como crianças, adultos, idosos e grupos com necessidades especiais.

Aqui no EAD PUC Goiás, temos o bacharelado em Educação Física na modalidade semipresencial

Conheça as principais disciplinas que são trabalhadas no curso:

  • História da Educação Física
  • Lazer e Recreação: O Jogo, o Brinquedo e a Brincadeira
  • Anatomia Humana
  • Fundamentos de Ginástica
  • Políticas Públicas para o Esporte e Lazer 
  • Nutrição
  • Educação Física para Pessoas com Deficiência
  • Fisiologia do Exercício
  • Fundamentos da Natação e do Atletismo
  • Fundamentos da Dança e das Lutas
  • Fundamentos do Futebol e Voleibol
  • Fundamentos do Handebol e Basquetebol
  • Educação Física e Aprendizagem Motora
  • Envelhecimento, Exercício Físico e Saúde
  • Exercício Físico para Grupos Especiais
  • Planejamento e Organização de Eventos em Educação Física

Além das disciplinas, o curso de Educação Física também exige que os estudantes realizem estágios obrigatórios e apresentem o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). 

Conclusão

Neste artigo, apresentamos as áreas de atuação do profissional de Educação Física e trouxemos mais informações sobre o mercado de trabalho e sobre o curso na área.

Se você gostou da carreira de Educação Física, invista na graduação na área.

Aqui no EAD PUC Goiás, temos o bacharelado na modalidade semipresencial, contando com a estrutura física do Campus para as atividades práticas.  

Não perca tempo e comece sua trajetória profissional na Educação Física. 

New call-to-action

Inscreva-se no nosso Blog

New call-to-action

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT