Mercado de Trabalho

Como ter um mindset de crescimento

EAD PUC GOIÁS   |    | 6 min de leitura
Saiba mais
Saiba mais

Você já deve ter ouvido alguém dizer “ah, eu não levo jeito pra isso.”.

Essa frase é bastante comum entre quem acredita que há pessoas que nascem sabendo determinadas habilidades e outras, não. Mas a Psicologia e a Neurociência já mostraram que a inteligência inata é um mito.

Todo indivíduo é capaz de aprender algo novo, desde que receba as condições e tenha as oportunidades para tal. Para aproveitá-las ao máximo, ele deve mudar a perspectiva que tem sobre si mesmo e o mundo à sua volta, adotando um mindset de crescimento.

A seguir, você vai entender o que é esse tipo de mindset e como desenvolvê-lo.

Esse conteúdo foi baseado no best-seller “Mindset: a nova psicologia do sucesso” (2006), livro escrito pela psicóloga americana Carol Dwek.

O que você vai ver por aqui:

Os tipos de mindset
Como identificar o meu tipo de mindset
Ações práticas para desenvolver um mindset de crescimento
Educação de qualidade para você se desenvolver

New call-to-action

Os tipos de mindset

Traduzindo para o português, fica mais fácil de entender o que é mindset: “configuração da mente”.

Essa configuração não é algo místico, mas a forma como cada pessoa enxerga o mundo e atribui significados à realidade. Também envolve a percepção que cada indivíduo tem de si mesmo, o que influencia em decisões e comportamentos do dia a dia.

Partindo dessa definição, a psicóloga Carol Dwek descreve dois tipos de mindset:

1. Mindset fixo

Pessoas que creem que as suas qualidades são imutáveis, por isso tem a necessidade constante de provar a si mesmas o próprio valor. Acreditam que o talento é inato: se não nasceram sabendo determinada habilidade, é impossível obtê-la.

Esse tipo de mindset se manifesta em comportamentos como:

  • Desistir mais facilmente diante da primeira dificuldade;
  • Evitar realizar tarefas com as quais não tem familiaridade;
  • Associar erros de percurso à ideia de não ser bom em algo.

2. Mindset de crescimento

Pessoas que acreditam que suas qualidades são mutáveis, ou seja, podem ser desenvolvidas. Encaram as situações do dia a dia como oportunidades para aprender algo novo.

Os comportamentos decorrentes desse tipo de mindset são:

  • Maior perseverança ao se deparar com dificuldades;
  • Proatividade no trabalho ou na universidade;
  • Tentar entender por que determinado erro aconteceu e aprender com ele.

Como identificar o meu tipo de mindset

Responda mentalmente: você concorda ou discorda das afirmativas abaixo?

Inteligência

  1. A inteligência é algo pessoal e que não pode passar por muitas transformações;
  2. Toda pessoa é capaz de aprender algo novo, mas não consegue mudar o próprio nível de inteligência;
  3. É possível modificar todo nível de inteligência, independentemente da pessoa;
  4. Eu sou capaz de mudar substancialmente meu nível de inteligência.

Personalidade e caráter

  1. Eu sou um certo tipo de pessoas e não há muito que eu possa fazer para mudar esse fato;
  2. A essência das pessoas não pode ser realmente modificada, apesar de realizarem coisas de formas diferentes;
  3. É possível modificar substancialmente o tipo de pessoa que eu sou e o dos outros;
  4. Toda pessoa é capaz de alterar os elementos constitutivos do tipo de pessoa que é.

Com quais afirmativas você concordou? E com quais discordou?

Todas foram retiradas do livro de Carol Dwek. A autora explica que é possível que as respostas sejam mistas, porém, de forma geral, quem concorda com as duas primeiras frases está mais inclinado a seguir um mindset fixo.

Já quem concorda com as frases 3 e 4 tem uma maior predisposição a seguir os comportamentos do mindset de crescimento.

Capa do livro "Mindset: a nova psicologia do sucesso", da psicóloga Carol Dwek. Créditos: Divulgação/Editora Objetiva.Capa do livro "Mindset: a nova psicologia do sucesso", da psicóloga Carol Dwek. Divulgação/Editora Objetiva.

Ações práticas para desenvolver um mindset de crescimento

Toda pessoa pode desenvolver um mindset de crescimento, mesmo que se identifique com as afirmativas relacionadas ao mindset fixo.

Para isso, é necessário adotar algumas posturas no dia a dia, seja em casa, na universidade ou no trabalho.

Buscar a ajuda de um psicólogo profissional também é uma ótima forma de desenvolver o mindset de crescimento. Ele vai te ajudar a mudar sua perspectiva sobre o mundo e sobre si mesmo.

Confira 7 ações práticas que vão te ajudar a se desenvolver. Lembramos que mudar mentalidades e comportamentos é um processo que exige paciência, reflexão e tempo. Respeite os seus limites nessa jornada e foque nas pequenas conquistas.

1. Tire um momento do dia para refletir

Antes de começar a trabalhar ou antes de dormir, reserve 10 minutos para pensar em como você agiu e se sentiu nos últimos dias.

Teve algo que você gostaria de ter feito diferente ou que gostou muito de realizar? Que palavras você usaria para descrever essas situações? Que nome você daria para os sentimentos que experimentou?

Essa prática é fundamental para conhecer a si mesmo e identificar posturas que limitam o seu desenvolvimento pessoal e intelectual. Também é importante para visualizar as qualidades das quais você mais se orgulha.

2. Se ofereça para realizar tarefas diferentes

Converse com o seu gestor ou orientador para realizar atividades com as quais não está acostumado. Pode ser liderar um novo projeto, alterar algum processo ou pesquisar algo novo.

Não há problema algum na franqueza. Diga que você gostaria de fazer essas tarefas para aprender algo novo.

3. Comece uma rotina de exercícios físicos

A atividade física nos ensina bastante sobre nossa capacidade de aperfeiçoamento ao longo do tempo – seja em um esporte coletivo, na corrida ou na ginástica.

Pense nos exercícios de musculação: quando começamos um treino, fazemos séries mais curtas e com cargas mais leve. Com o tempo, aumentamos os pesos e as repetições, pois nos tornamos mais resistentes. Mas só conseguimos isso porque mantivemos a rotina.

Isso vale para os processos de mudança de forma geral: se você quiser seguir um mindset de crescimento, precisa começar com pequenos passos e aumentar o ritmo aos poucos, respeitando os próprios limites.

4. Estabeleça objetivos factíveis

“Quero ter um mindset de crescimento” é um objetivo muito amplo e abstrato.

O ideal é estabelecer metas práticas, que você tenha chances reais de se atingir. Alguns exemplos são:

  • Vou agendar uma reunião com o meu gestor na próxima semana para conversar sobre minha trajetória na empresa;
  • Quero passar o meu nível de inglês do básico para o intermediário em 6 meses;
  • Vou começar uma segunda graduação em 3 meses para mudar de carreira;
  • Vou escrever três parágrafos por dia, de segunda a sexta, para concluir minha monografia de conclusão de curso.

5. Foque no seu momento âncora

Um momento âncora é uma situação do seu dia a dia em que você sentiu confiante, seja porque alcançou bons resultados ou porque seu desempenho foi reconhecido pelos colegas e chefia.

Lembre-se dele nos dias em que sua confiança estiver abalada. Ele vai te ajudar a seguir em frente no seu plano de autodesenvolvimento.

6. Lembre-se das pessoas que você admira

Pensar em pessoas inspiradoras ajuda a mudar sua perspectiva de mundo. Imagine o que elas fariam nas situações em que você gostaria de agir diferente.

Mas cuidado com as comparações excessivas. Essas pessoas devem ser fonte de inspiração e não de imitação, pois tentar se igualar a elas pode gerar sofrimento.

7. Mantenha a constância

Lembra do que falamos sobre os exercícios físicos? Vamos reforçar a ideia de constância.

Desenvolver um mindset de crescimento envolve mudar a forma como você enxerga o mundo e a si mesmo – e, por consequência, como você se comporta nas situações do dia a dia.

Essa mudança é um processo que não acontece do dia para a noite. É como criar um novo hábito: exige repetição e perseverança, pois cada pessoa tem um tempo próprio para se adaptar.

Por isso, tenha paciência consigo mesmo e não se cobre demais. O mais importante é manter o ritmo para alcançar os objetivos estabelecidos.

Educação de qualidade para você se desenvolver

Adotar um mindset de crescimento envolve se aprimorar para se tornar um profissional melhor. E o melhor caminho é uma educação de qualidade.

A graduação EAD da PUC Goiás une o que há de melhor das novas tecnologias à tradição de ensino da primeira universidade do Centro-Oeste. São 25 cursos, entre bacharelados e tecnólogos, para você escolher uma carreira ou mudar de profissão.

Conheça os cursos do EAD PUC Goiás e seja um profissional de destaque no mercado de trabalho!

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.

Leia também:

Inscreva-se no nosso Blog

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT