Tag: Cursos

Se você é um aficionado pela área da saúde e ainda é habilidoso com tarefas administrativas, a área de gestão hospitalar pode ser exatamente o que você procura.

Curioso para saber mais e descobrir se essa é mesmo a sua carreira dos sonhos?

Então, acompanhe este texto até o final.

Nas próximas linhas, você vai conhecer mais sobre a atuação do setor, a formação necessária para trabalhar como gestor hospitalar e o perfil desse profissional.

Boa leitura!

ead pucgo

O que é gestão hospitalar?

A gestão hospitalar, também chamada de administração hospitalar, é uma atividade que envolve o planejamento e o gerenciamento dos recursos disponíveis em saúde, tanto os materiais e financeiros, como os humanos.

Embora o nome remeta a hospital, a gestão hospitalar não é praticada apenas nesse ambiente.

Ela pode ser exercida em outras unidades de saúde e bem-estar, sejam elas públicas ou privadas, como clínicas, ambulatórios, laboratórios, casas de repouso e spas.

Como é o curso de gestão hospitalar?

gestao hospitalar como e curso

Para quem tem interesse em atuar nessa área, o curso de gestão hospitalar é bastante indicado.

Ele tem o objetivo de formar profissionais especialistas em solucionar os principais desafios dos ambientes que listamos antes.

Além dos problemas mais específicos, relacionados à saúde, também há questões administrativas.

Por essa razão, durante a formação, o aluno aprende conceitos de administração e marketing, além de estudar epidemiologia, legislação em saúde, gerenciamento de farmácia, segurança do paciente e muito mais.

>>> Tipos de faculdade: modalidades, principais cursos e onde fazer

Qual a grade curricular?

Ficou interessado nas abordagens do curso de gestão hospitalar?

Então, confira agora a grade curricular completa da formação na PUC Goiás:

1º semestre

Módulo 1:

  • Liderança, Comportamento e Formação de Times
  • Gestão da Inovação e Ferramentas Digitais.

Módulo 2:

  • Comunicação e Atendimento ao Cliente
  • Matemática Financeira.

2º semestre

Módulo 3:

  • Finanças Aplicada a Negócios
  • Fundamentos de Gestão em Negócios.

Módulo 4:

  • Sistema de Informação Contábil
  • Políticas de Saúde e Saúde Pública.

3º semestre

Módulo 5:

  • Humanização na Saúde
  • Psicologia Aplicada à Gestão.

Módulo 6:

  • Gestão de Contratos e Terceirização
  • Gestão de Plano de Saúde e Auditoria Hospitalar.

4º semestre

Módulo 7:

  • Teologia e Ciências Sociais e Humanas Aplicadas
  • Gestão de Risco e Segurança do Paciente.

Módulo 8:

  • Gestão de Resíduos Sólidos em Saúde
  • Gestão Estratégica de Pessoas.

5º semestre

Módulo 9:

  • Marketing Hospitalar
  • Gestão de Hotelaria em Saúde.

Módulo 10:

  • Gestão de Serviços Hospitalares
  • Gestão de Equipamentos e Suprimentos (Materiais).

6º semestre

Módulo 11:

  • Estrutura e Arquitetura Hospitalar
  • Tecnologia e Saúde.

Módulo 12:

  • Logística Hospitalar
  • Gestão da Qualidade e Certificações em Saúde.

Duração do curso

Todo esse conteúdo programático, apresentado acima, se estende durante três anos.

Por ser uma graduação tecnológica, a formação é mais rápida, ainda que bastante completa.

Além disso, na PUC Goiás, o curso é ofertado na modalidade a distância, o EAD.

Qual é o perfil profissional do gestor hospitalar?

gestao hospitalar qual perfil profissional

Para ter sucesso na área, o profissional de gestão hospitalar deve possuir algumas características importantes, além de desenvolver competências necessárias.

Confira quais são:

Habilidades de liderança

Por ter uma atuação estratégica, o gestor deve ser um bom líder. 

Afinal, para que o ambiente seja produtivo, é preciso que a equipe esteja motivada e engajada em buscar resultados. 

Além disso, a área da saúde é bastante desafiadora, o que exige ainda mais concentração e foco nas tarefas. 

Interesse por atividades gerenciais

Ter paixão pela área da saúde não é o único requisito importante. 

É preciso que haja também encanto e disposição para as atividades gerenciais. 

Isso porque o gestor hospitalar é responsável por administrar todos os recursos disponíveis, pensando sempre em otimizá-los.

Pensamento estratégico

A rotina em unidades de saúde pode ser muito intensa e, em diversas ocasiões, requer respostas rápidas. 

Mas isso não quer dizer que elas sejam impulsivas. 

Todas as ações e decisões precisam ter base estratégica. 

Por essa razão, o gestor hospitalar deve ter um olhar mais tático, com o intuito de proporcionar soluções criativas e eficazes. 

Bom relacionamento interpessoal

Esta característica é inerente à habilidade de liderança. 

Afinal, para liderar uma equipe, é preciso saber se relacionar e se comunicar bem. 

Além de transmitir mensagens, é necessário ouvir os profissionais e designar atividades e responsabilidades de acordo com as potencialidades de cada um. 

Tudo isso contribuirá para criar e manter um ambiente de trabalho favorável, com espírito colaborativo. 

Facilidade com questões relacionadas à área

A área da saúde é bastante específica. 

Portanto, dominar conhecimentos técnicos faz toda a diferença na atuação do profissional de gestão hospitalar. 

Saber quais são os equipamentos necessários para as atividades, por exemplo, ajuda a administrar melhor os recursos materiais. 

Assim como entender os atributos importantes de médicos, enfermeiros e técnicos proporcionará uma gestão mais eficiente dos recursos humanos.

Capacidade para trabalhar sob pressão

Embora seja a última da lista, esta característica é indispensável para o gestor hospitalar. 

As unidades de saúde demandam muita disciplina e jogo de cintura para lidar com todo o cenário existente. 

Atitudes impetuosas são inadmissíveis neste trabalho. 

Por isso, a inteligência emocional deve estar sempre em voga.

Como é o mercado de trabalho para o gestor hospitalar?

Se você está inclinado a seguir carreira como gestor hospitalar, a boa notícia é que o mercado está em crescimento.

Afinal, cada vez mais são necessárias pessoas qualificadas e com conhecimentos específicos para entender e solucionar as demandas desse setor.

Além disso, como já mencionamos, o profissional em gestão hospitalar poderá encontrar vagas em instituições de saúde diversas, sejam públicas ou privadas.

O que faz um profissional formado em gestão hospitalar?

gestao hospitalar o que faz um profissional formado em

Até aqui, você já sabe que o gestor hospitalar é responsável por gerenciar as unidades de saúde, certo?

Mas, na prática, o que envolve isso?

O gestor hospitalar é quem cuida de toda a infraestrutura física.

Ele também determina o quadro de profissionais necessários.

Outra imcumbência do gestor é controlar o estoque de materiais.

Deu para ter uma boa noção de como é o dia a dia de trabalho?

A seguir, você fica por dentro das principais funções.

Quais são as funções de um gestor hospitalar?

gestao hospitalar quais sao funcoes de um gestor

Nos próximos tópicos, traremos detalhes sobre as principais funções do gestor hospitalar.

Acompanhe!

Administração e planejamento de negócios

Como já mencionado anteriormente, o gestor de negócios deve ter interesse por tarefas gerenciais e visão estratégica para executar o trabalho. 

Isso porque a administração e o planejamento de negócios estão entre as principais tarefas desse profissional. 

Além de conhecer a fundo o local em que atua, o profissional de gestão hospitalar deve estar por dentro de todas as leis e regulamentações que envolvem o setor e a atividade.

Comunicação, marketing e atendimento ao consumidor

De nada vale ter um fluxo de caixa perfeito e os melhores profissionais do mercado se não há clientes satisfeitos. 

Por isso, o atendimento ao consumidor deve ser uma preocupação frequente do gestor hospitalar. 

Além disso, para que haja um relacionamento sólido com outros públicos, o trabalho de comunicação e marketing é necessário. 

Sem contar que essas áreas contribuem significativamente para construir e fortalecer a imagem e reputação da empresa.

Gestão de qualidade

Em diversos setores, a gestão de qualidade tem uma importância enorme. 

É assim na área da saúde. 

Por isso, o gestor hospitalar deve investir não só em infraestrutura de primeira, como também nas melhores práticas. 

Nesse sentido, é preciso garantir ainda que a equipe seja treinada para oferecer serviços excelentes.

Conservação e limpeza

Como imaginar um hospital que não esteja limpo,? 

Então, nada mais justo que a conservação do local e dos equipamentos seja também uma função indispensável do bom gestor.

Compras e almoxarifado

Em uma unidade de saúde, não podem faltar materiais básicos para a realização do trabalho. 

E o responsável por comprar esses itens, controlar o estoque e ainda administrar toda a logística é o gestor hospitalar. 

Hotelaria hospitalar

A hotelaria hospitalar é o nome dado ao conjunto de serviços que têm o objetivo de satisfazer todas as necessidades dos pacientes e dos acompanhantes nas instituições de saúde. 

O gestor hospitalar é quem deve administrar essa rotina e certificar-se de que tudo tem sido cumprido com extremo rigor.

Departamento financeiro

Ainda que existam profissionais especialistas no cuidado com as finanças, o gestor hospitalar deve acompanhar de perto o trabalho. 

Afinal, para administrar todos os recursos, ele precisa saber como anda a saúde financeira da empresa.

Recursos humanos

A gestão dos recursos humanos não se limita apenas à contratação de profissionais. 

O gestor hospitalar deve cuidar de outros aspectos como a disponibilização de treinamentos, calendário de folgas e férias, organização das escalas e plantões, folha de pagamento e outros compromissos do setor.

Áreas relacionadas com gestão hospitalar

Como vimos ao longo do artigo, a gestão hospitalar está envolvida em um cenário que contempla atividades de saúde e tarefas administrativas.

Por isso, áreas como Medicina, Enfermagem, Biomedicina, Farmácia, Administração, Finanças, Logística, Recursos Humanos, Marketing e outras estão diretamente ligadas.

Qual a nota de corte para gestão hospitalar?

Os estudantes que desejam cursar uma instituição de ensino pública podem usar a nota do Enem como forma de ingresso. 

Para isso, existe o SiSu (Sistema de Seleção Unificada).

Para ser aprovado no curso de gestão hospitalar, a nota de corte referente a 2019 é de 643.01.

Já quem planeja uma bolsa de estudo integral ou parcial em faculdades particulares pode recorrer ao ProUni (Programa Universidade para Todos).

Nesse caso, a note de corte é 558.24.

Onde estudar gestão hospitalar?

Se você deseja ter uma carreira bem-sucedida na área de gestão hospitalar, o primeiro passo é procurar uma formação à altura.

Por isso, a sua melhor alternativa é a PUC Goiás - referência em educação superior no Centro-Oeste, com mais de 60 anos de história.

O curso de gestão hospitalar, no formato de graduação tecnológica, com duração de três anos, é ofertado na modalidade a distância.

Educação presencial x educação a distância (EAD)

Se você ainda não está convencido de fazer um curso EAD, saiba que as vantagens são enormes.

Além de ter flexibilidade para estudar quando quiser e de onde estiver, as mensalidades são mais acessíveis, uma vez que não há a necessidade de uma infraestrutura física completa.

O peso do diploma também é o mesmo de uma faculdade presencial

O que difere os dois tipos é a dinâmica das aulas. No curso presencial, o aluno deve comparecer ao campus diariamente.

Conclusão

Se você tinha dúvidas sobre seguir ou não a carreira na gestão hospitalar, agora conhece todos os aspectos que envolvem a sua atuação.

Então, caso esteja mesmo decidido a entrar de cabeça nessa profissão, não perca tempo e matricule-se na PUC Goiás.

Agora, se este curso não é exatamente o que você estava buscando, que tal conferir outras formações? 

A PUC Goiás tem um grande portfólio de cursos. Com certeza, um deles é a sua cara.

Gostou do artigo sobre gestão hospitalar? Aproveite o espaço abaixo e escreva a sua opinião. 

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

Inscreva-se no nosso Blog

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT