Tag: Cursos

A disciplina de História é uma das primeiras que temos contato quando estamos na fase escolar. E a sua importância é muito grande, pois saber sobre a História nos faz refletir sobre o presente, e não repetir erros no futuro.

E esse contato pode ser responsável por fazer com que muitas pessoas se interessem pela faculdade de História.

Mas você sabe o que se aprende na faculdade de História? E depois de formado, o historiador só atua como professor?

Para responder a essas e outras perguntas, vamos fazer uma imersão nesse universo. E até o final deste artigo, você vai saber tudo que precisa sobre a faculdade de História.

Neste artigo, você vai conferir:

No que trabalha alguém que fez faculdade de História?

Mas quem faz faculdade de História, só pode dar aula?

Quanto ganha um profissional que faz faculdade de História?

Quais habilidades um historiador precisa ter?

O que se aprende na faculdade de História?

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

No que trabalha alguém que fez faculdade de História?

Quando se pensa na atuação de uma pessoa formada em História, a primeira coisa que vem à nossa mente é: professor de história. E não está errado.

Após se dedicar por quatro anos à faculdade de História, esse profissional pode dar aula sim. Afinal, essa formação é uma licenciatura. E tem esse nome pois é um grau de estudo adquirido após você realizar um curso de Ensino Superior, e assim se torna um profissional licenciado.

Nesse caso, o licenciado em história torna-se apto para exercer as funções do magistério, ou seja: dar aula no ensino básico, fundamental ou médio. E com isso, aprende a dominar os assuntos ao qual se dedica, assim como o bacharelado, mas também para ensinar outros alunos.

Então, de modo geral, quem faz a faculdade de História está apto a ministrar aulas de História geral ou do Brasil para alunos do Ensino Fundamental, Ensino Médio ou cursos pré-vestibulares. E se for de interesse seguir estudando e trabalhando, após fazer uma pós-graduação é possível também lecionar no Ensino Superior.

>>> Tipos de faculdade: modalidades, principais cursos e onde fazer

Mas quem faz faculdade de História, só pode dar aula?

E a resposta para essa pergunta é: não, e a gente te explica o motivo.

Quem se dedica a fazer a faculdade de História, estuda o passado humano, certo? Então, esse estudo acontece por meio de investigação e interpretação do que aconteceu.

A rotina de trabalho envolve muita pesquisa em documentos, que podem ser manuscritos, objetos, gravações, impressos, filmes, jornais e fotos.

Depois de feito esses levantamentos, cabe ao historiador selecionar, classificar, e relacionar todas essas informações. E essas pesquisas acontecem em diversos lugares como arquivos e bibliotecas, por meio de estudos arqueológicos ou entrevistas.

E isso permite que, além da sala de aula, ele possa atuar com:

  • Pesquisa: desenvolvendo livros, teses, ou artigos com base nos levantamentos realizados durante as investigações;
  • Documentação e preservação: para que as pesquisas possam ser realizadas, é preciso que exista um material bem preservado para poder juntar o quebra cabeças e contar a história. E para isso, é preciso de um historiador atuando na preservação e organização de documentos históricos dos acervos de museus e centros de documentação;
  • Autoria e Consultoria: como a história é algo em constante movimento, é preciso que o material didático seja periodicamente atualizado, e nesse processo o profissional formado em história é bastante importante. Então pode atuar em editoras ou instituições de ensino no desenvolvimento e avaliação de material didático, além de assessorar a produção de filmes e novelas de determinado período histórico.

Ou seja, as opções de trabalho são maiores do que se imagina, alguns exemplos são em: escolas, museus, ONGs, empresas privadas, setor público, mercado cultural, turismo bibliotecas.

Quanto ganha um profissional que faz faculdade de História?

As opções para trabalhar são bem interessantes para quem se interessa por essa carreira, mas e quanto ganha quem faz faculdade de História?

Segundo o site Educa Mais Brasil, um profissional em início de carreira, com um cargo de nível júnior pode ganhar de R$ 1.370,00 a R$ 2.330,00.

Já com um pouco mais de experiência, em uma posição de nível pleno, essa remuneração fica entre R$ 1.720,00 e R$ 2.900,00.

E com experiência aliada a uma pós-graduação, já pode trabalhar em vagas com nível sênior, cuja remuneração fica de R$ 2.100,00 a R$ 3.600,00.

mão sobre livro.

Quais habilidades um historiador precisa ter?

Mais do que curtir o curso, é preciso entender se as suas habilidades e competências vão dar match com a rotina profissional.

Uma das mais importantes é gostar de ler, como aponta o portal Educa Mais Brasil. O hábito da leitura está muito presente na vida de quem faz faculdade de História, e isso se dá pela rotina de estudos constantes mesmo após o fim da graduação, como já comentamos anteriormente.

E com isso é preciso também ter uma facilidade em interpretar textos, ter um bom senso analítico e crítico, além do interesse em pesquisas.

O que se aprende na faculdade de História?

Para poder viver tudo isso que a gente te contou, é preciso fazer a faculdade de História. Aqui na PUC Goiás, esse curso tem duração de quatro anos e é ofertado na modalidade semipresencial.

Isso quer dizer que existem dois encontros presenciais no campus, para que o aluno consiga usufruir dos laboratórios de aulas práticas, e o restante estuda de forma EAD, ou seja, pode estudar de qualquer lugar.

Aqui na PUC Goiás, a formação do historiador é alicerçada em base humanística, ética, e democrática, para que o aluno tenha uma compreensão crítica da realidade social e educacional do país.

Desde o primeiro ano da graduação, já é possível ter contato com disciplinas voltadas para a prática, como por exemplo Filosofia da Educação, onde o aluno é levado a refletir sobre os processos e sistemas educativos, além da sistematização de métodos didáticos e demais temas que envolvem a pedagogia.

Outra disciplina também do primeiro ano é a Fundamentos da Educação Escolar. Nela, é promovida uma introdução à análise e discussão do fenômeno educativo, levando em consideração as relações entre educação e sociedade.

Assim, os alunos debatem a teoria para poder compreender a prática da educação brasileira numa perspectiva crítica e transformadora. Os debates são constantes, mas se fazem necessários para a compreensão do papel do educador na sociedade.

Curtiu o artigo? Então, deixe um comentário e compartilhe o conteúdo nas suas redes sociais. Ainda, aproveite para saber mais sobre a faculdade de História da PUC Goiás.

New call-to-action

Inscreva-se no nosso Blog

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT