Você gostaria de receber uma contraproposta salarial para ganhar mais?

Aliás, a pergunta ideal seria: quem não gostaria?

Receber um salário de acordo com a formação e dedicação é um dos principais desejos profissionais. Contudo, o que a maioria não sabe é que uma proposta assim não acontece por acaso: você precisa negociar com ambas as empresas.

A seguir, você vai entender o que é uma contraproposta salarial e como a negociar do jeito certo! Continue lendo:

O que é uma contraproposta salarial
Vantagens e desvantagens de aceitar uma contraproposta salarial
Como negociar o seu salário e conquistar oportunidades

1. Estude o mercado
2. Seja realista
3. Busque qualificação
4. Conheça seus diferenciais
5. Esteja aberto a oportunidades
6. Pense além do salário

New call-to-action

O que é uma contraproposta salarial

Contraproposta salarial é uma oferta de remuneração diferente do valor atual proposto como o salário mensal de um profissional. Ela pode acontecer em diversos momentos, mas é comum em situações de:

  • Demissão: o colaborador pede demissão e o empregador oferece um salário maior como forma de convencimento;
  • Negociação salarial: o profissional solicita um aumento ou possui uma determinada expectativa salarial e o empregador oferece um valor menor;
  • Prospecção de outra empresa: outra corporação deseja te contratar e oferece uma proposta de salário maior para você trocar de emprego.

Para exemplificar, imagine que Carlos trabalha na empresa X com um salário X. Conhecendo seu potencial, a empresa Y resolveu oferecer o salário X + 20% para ele trocar de emprego. Para o Carlos ficar, a empresa X faz uma contraproposta oferecendo o salário X + 25%.  

Outro exemplo seria a Paula trabalhar na empresa X com o salário X, mas acredita que merece uma valorização maior. Desse modo, ela pede um aumento de 20%. O gestor reconhece a iniciativa e faz uma contraproposta de 15% + benefício

Vantagens e desvantagens de aceitar uma contraproposta salarial

Dependendo do caso, aceitar uma contraproposta salarial pode ser bom ou ruim para sua carreira, mesmo com a possibilidade de ganhar mais. A seguir, trouxemos algumas vantagens e desvantagens do caso:

👍Vantagem

Possibilidade de ganhar mais

Quem não gostaria de receber um salário maior?

Em ambas situações de contraproposta salarial, você tem a chance de valorizar mais o seu trabalho. Sabendo negociar, ainda é possível conseguir condições ainda melhores.

Mudança na zona de conforto

Se você receber uma contraproposta salarial de outra empresa, pode ser a oportunidade de mudar de emprego, sair da zona de conforto e transformar o rumo da sua carreira profissional. Caso seja da mesma empresa, quem sabe você pode conseguir mudar de cargo ou uma posição melhor!

Chance de novas oportunidades

Quando você muda de ambiente, é possível expandir seu networking e abrir as portas para novas oportunidades. Além disso, com uma contraproposta salarial, você percebe que existe sempre a possibilidade de valorizar ainda mais o seu trabalho. 

👎Desvantagem

Pode não ser o que você esperava

Quando você sai do emprego e vai para outro, existe a possibilidade da insatisfação com a mudança. Em algumas situações, pode ser que você não se adapte ou goste da nova empresa. Se for o caso de mudança de cargo, você pode ter funções diferentes do que você imaginava.

Segundas intenções do mercado

Algumas empresas concorrentes abordam profissionais com segundas intenções: elas querem que o funcionário revele segredos da antiga organização ou aplique a mesma metodologia. Nesse caso, é importante entender melhor os interesses da contraproposta salarial.

Fechar as portas da atual empresa

Caso escolha trocar de emprego, procure manter a melhor relação possível e sempre respeitar o antigo empregador. Do contrário, além de se queimar com a empresa, os antigos gestores podem não te recomendar para outras oportunidades.

Além disso, se quiser oferecer uma contraproposta dentro da própria organização, tenha o cuidado de solicitar da forma adequada para o empregador não considerar desrespeitoso.

Como negociar o seu salário e conquistar oportunidades

Não é apenas o empregador que pode fazer a contraproposta, você também precisa ser capaz de negociar seu salário e garantir condições melhores de trabalho. Confira:

1. Estude o mercado

Quanto uma pessoa com a sua qualificação ganha? Qual é o máximo e mínimo? Seu salário está dentro da média de mercado?

É essencial conhecer o mercado primeiro e entender o cenário para saber melhor os limites de remuneração, negociando melhor as condições com o empregador.

Você consegue facilmente descobrir as médias do mercado em uma busca na internet ou conversando com colegas de trabalho.

Alguns sites em que você encontra a média do mercado de acordo com o cargo são:

2. Seja realista

Embora a gente sempre queira a melhor remuneração, é importante ser realista com os nossos objetivos para não acabar superestimando ou diminuindo demais sua contraproposta salarial.

Além das médias de mercado, você precisa considerar pontos como: experiência, qualificação, tempo na empresa, carga horária, entre outras questões.

3. Busque qualificação

Um dos grandes pontos para receber contrapropostas salariais é a qualificação. Quanto mais qualificado você for, melhores são as suas possibilidades, já que poucas pessoas poderiam cumprir sua função.

Por isso, sempre busque melhorar sua qualificação: faça faculdade, pós-graduação e cursos rápidos.

No EAD PUC Goiás, você encontra cursos de Ensino Superior com duração de dois anos, com aulas 100% online e reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC).

Conheça as graduações EAD com 2 anos de duração da PUC Goiás!

4. Conheça seus diferenciais

O que você tem que faria uma empresa pagar mais para te contratar?

Antes de querer receber uma contraproposta salarial, você precisa entender o seu valor. Empresas querem profissionais que possam agregar valor com suas habilidades e conhecimentos, trazendo mais resultados.

Sabendo o que você pode oferecer de valioso, fica mais fácil de negociar.

5. Esteja aberto a oportunidades

Para receber contrapropostas, você deve estar sempre aberto a oportunidades. Os empregadores e outros profissionais precisam saber da sua existência e ter uma boa imagem profissional de você!

Para isso, veja algumas dicas:

  • Frequente palestras, workshops, treinamentos e outros eventos;
  • Mantenha sempre um bom relacionamento com seus colegas de trabalho, clientes e as pessoas ao seu redor;
  • Sempre comente sobre seu trabalho com os outros;
  • Esteja aberto para entrevistas de emprego;
  • Mantenha uma presença ativa em redes sociais, como o LinkedIn. 

6. Pense além do salário

Em uma contraproposta salarial, você pode pensar além da questão do dinheiro. Por exemplo, se o empregador oferece um valor abaixo do que o esperado, você pode negociar uma carga horária menor, home office ou mais dias de folga.

Considerando que tempo é dinheiro, queira ou não, você também estaria negociando sua remuneração.


Que tal aplicar estas dicas e garantir uma contraproposta salarial nos próximos tempos? Procure sempre sair da zona de conforto e buscar novas oportunidades para sua carreira!

Leia também:

Inscreva-se no nosso Blog

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT